A Parábola dos Primeiros Assentos e dos Convidados

E-mail Imprimir PDF
Avaliação do Usuário: / 10
PiorMelhor 

Sandoval Juliano

 

A Parábola dos Primeiros Assentos e dos Convidados - Lucas 14:7-14

 
  Lc 14:7 E disse aos convidados uma parábola, reparando como escolhiam os primeiros assentos, dizendo-lhes:
  Lc 14:8 Quando por alguém fores convidado às bodas, não te assentes no primeiro lugar; não aconteça que esteja convidado outro mais digno do que tu;
  Lc 14:9 E, vindo o que te convidou a ti e a ele, te diga: Dá o lugar a este; e então, com vergonha, tenhas de tomar o derradeiro lugar.
  Lc 14:10 Mas, quando fores convidado, vai, e assenta-te no derradeiro lugar, para que, quando vier o que te convidou, te diga: Amigo, sobe mais para cima. Então terás honra diante dos que estiverem contigo à mesa.
  Lc 14:11 Porquanto qualquer que a si mesmo se exaltar será humilhado, e aquele que a si mesmo se humilhar será exaltado.
  Lc 14:12 E dizia também ao que o tinha convidado: Quando deres um jantar, ou uma ceia, não chames os teus amigos, nem os teus irmãos, nem os teus parentes, nem vizinhos ricos, para que não suceda que também eles te tornem a convidar, e te seja isso recompensado.
  Lc 14:13 Mas, quando fizeres convite, chama os pobres, aleijados, mancos e cegos,
  Lc 14:14 E serás bem-aventurado; porque eles não têm com que to recompensar; mas recompensado te será na ressurreição dos justos.

 

Imaginem o que é almoçar com Jesus à mesa! Que tipo de assunto nos vem à hora das refeições? Existe espaço, em nossos banquetes para um aprendizado? - Com Jesus à mesa, sempre há algo de bom e edificante.

Diante de uma celebridade, como era o caso de Jesus, sempre tem aqueles que fazem questão de revelar-se, de quererem os primeiros assentos, talvez para causar boa  impressão, talvez para saírem na fotografia que será estampada nos jornais, ou, quem sabe, positivamente, para não perderem sequer uma "gota" do que vai ser dito ou do que vai acontecer.

Jesus estava diante de uma cena muito comum, a de pessoas que queriam chegar o mais perto possível dele. O problema é que as pessoas discutiam sobre quem era mais digno de se assentar perto do Mestre.

Sabe aquela coisa de separar uma mesa para as autoridades? Separar uma mesa para os pastores? arrumar melhor a mesa onde o pastor presidente vai se assentar?

Pois é, não há nada de reprovável nisto, pelo contrário, honra a quem tem honra - Rm 13:7 . Porém, aos olhos de um homem espiritual, as intenções não ficam escondidas. Quando o líder não é um homem espiritual, ele ama ser bajulado, mesmo que seja por hipócritas. O homem espiritual, não.

Jesus então, sutilmente, propõe uma parábola que tinha como objetivo corrigir aquele comportamento observado no momento.  Eu até penso que o efeito foi imediato... Eu chego a imaginar a cena... aqueles homens tentando se desculparem e se propondo a oferecer o lugar para outrem... Jesus tinha esse poder de desconcertar as pessoas. O Evangelho não contém uma mensagem confortável ao pecador. Uma mensagem que deixa o pecador confortável em seus erros não está em sintonia com o propósito do Evangelho.

Não estou dizendo com isto que o conteúdo das pregações evangelísticas deve ser recheado de repreensões e chicotadas. Trata-se de, sabiamente, na unção do Espírito, colocar um espelho diante do pecador. Um espelho que lhe faça enxergar sua real situação moral e espiritual. Cristo era mestre nisto. Quem assim não procede, não é um servo de Cristo. Certamente serve a outros interesses...

Jesus propôs uma parábola que continha lições de humildade e de sabedoria. Todo aquele que faz questão de ocupar os primeiros assentos, expõe-se e frequentemente sofre censuras e críticas. Enquanto que o homem, ou mulher sábios, procuram ser modestos e sempre saem de cabeça erguida. 

É interessante como Cristo nos deixou lições de vida que aparentemente pareciam não serem de sua área de atuação. Mas, Ele é o Mestre por excelência e se importa até com os detalhes que vão além do que acontece em nossas reuniões e atividades religiosas. O comportamento do cristão precisa ser comedido em qualquer lugar e em qualquer situação.

Depois de ter desmontado o orgulho dos doutores e fariseus que estavam presentes àquela mesa, Jesus se dirigiu ao dono da casa e exortou-lhe diretamente - Lc 14:12 .

Jesus não estava se sentindo bem apesar de toda a formalidade e de todo o capricho que o dono da casa teve para recebê-lo.

Como a Palavra de Deus é atual! Parece até que Jesus falou isto em um jantar ontem à noite. O que eu conheço de obreiros que adoram serem servidos com banquetes na casa de gente "fina"! Que adoram fazerem um "almoço especial" e convidarem apenas os irmãos mais prósperos de sua igreja! Que adoram irem a um aniversário de outro pastor e dar um presente apenas para dizer a ele que o seu aniversário está chegando também!

Eu, particularmente, sinto náuseas quando vejo os servos do Senhor sorridentes e felizes quando recebem valiosos presentes ou quando são condecorados em banquetes e cerimônias afins, como se o alvo do serviço ao Reino de Deus fosse este.

Eu creio que Jesus não se sentiria honrado com nenhum título de cidadão honorário oferecido por uma câmara legislativa cheia de corrupção! Jesus não dividiria um púlpito com um líder político que pertence a um partido inimigo dos valores éticos, da família e do Reino de Deus. O Herodes que degolou João Batista, não seria o candidato defendido por Jesus em uma reeleição.

Meu Deus! - Será que se Jesus tivesse nascido em nossos dias, Ele não seria perseguido e crucificado por alguns de nossos líderes!?

Ninguém pense que depois desse jantar, os doutores e fariseus que ouviram essa sábia parábola saíram de lá dispostos a uma mudança de comportamento. Não, não foi isso que aconteceu. Ficaram irados porque Jesus mexeu naquilo que mais lhes dava prestígio. O serviço sacerdotal ou o serviço de instrutores em Israel era um meio através do qual eles alcançavam seus nefastos objetivos.

A mensagem de Jesus está na contra-mão de de tudo isto que temos visto:  "...Mas, quando fizeres convite, chama os pobres, aleijados, mancos e cegos, e serás bem-aventurado; porque eles não têm com que to recompensar..." - Como é fácil ser um pastor evangélico, um pregador, mas como é difícil ser um genuíno cristão!

 Em Cristo, Pb. Sandoval Juliano - 21.09.2010

Comentários
Adicionar novo Busca
paulo   |27-07-2012
Otima interpretaçao desta parabola, que oramos a Deus, Senhor nos ajude a
cumprir o que o Senhor deixou bem escrito nos seus mandamentos, nas Escrituras,
ajuda-nos a fazer a tua vontade Senhor, abraços.
João   |17-08-2013
É irmão, cada vez mais o homem insiste em aumentar a altivez e a se exaltar
afim de receber glória, mas triste é o fim, pois um dia a altivez do homem
será humilhada, como diz as escrituras. mas enfim, parabéns pela
interpretação. fico feliz em saber q existem pessoas com essa "linha de
raciocínio" como eu.
Anônimo   |07-12-2013
amei essa menssagem e assim mesmo gostei dessa reflexsao
tiagopereira  - Parabéns   |19-03-2014
Que Deus vos abencoe mais e mais
Anônimo   |27-03-2014
Comentário ...
Nome:
E-mail:
 
Website:
Título:
UBBCode:
[b] [i] [u] [url] [quote] [code] [img] 
 
 
:angry::0:confused::cheer:B):evil::silly::dry::lol::kiss::D:pinch:
:(:shock::X:side::):P:unsure::woohoo::huh::whistle:;):s
:!::?::idea::arrow:
 
Por favor coloque o código anti-spam que você lê na imagem.
 

Banner

Últimas do fórum

Últimos comentários

Acesso restrito

Visitantes on-line

Nós temos 689 visitantes online

Receber informativos