As Portas do Muro de Jerusalém

E-mail Imprimir PDF
Avaliação do Usuário: / 58
PiorMelhor 

Sandoval Juliano

 

No muro da Jerusalém antiga, foram instaladas 12 grandes portas. Cada uma delas era conhecida pelo nome e pela sua função na cidade, na vida do rei e dos sacerdotes. No livro de Neemias encontramos os nomes de todas elas, as quais são: Porta do Vale; Porta da Fonte; Porta do Peixe; Porta Velha; Porta das Águas; Porta dos Cavalos; Porta Oriental; Porta de Efraim; Porta de Mifcade; Porta da Prisão; Porta do Monturo e Porta das Ovelhas. Se dividirmos as 12 portas em 4 grupos de três e aplicarmos à vida cristã cada um destes grupos, teremos:

I. AS PORTAS POR ONDE O CRENTE NÃO DEVE PASSAR

          1. Porta do Monturo - Ne 3:13 ;

               a. Era a porta que dava acesso ao aterro sanitário, aliás, ao lixão. O lixão estava estabelecido no lugar conhecido como vale do filho Hinom. Esta porta ficava no extremo sul da cidade. Era, também, chamada de Porta do Sol - Jr 19:2 . Neste vale, não apenas o lixo, mas corpos de pessoas consideradas indignas de um sepultamento  e, de animais, eram ali lançados. Foi neste vale que foi erguida a estátua de Moloque, chamada na Bíblia de Altos de Tofete - Jr 7:31, no fim do reinado de Salomão, e reconstruída e muito utilizada no reinado de Acaz - (2 Crônicas 28:1-3).  A este deus pagão, alguns pais ofereciam seus filhos vivos em sacrifício. A incineração do lixo e dos corpos de animais e de pessoas que ali eram lançados acontecia com uma certa frequência. Usava-se enxofre para manter as chamas mais intensas. Devido ao mal cheiro e ao estado de horror encontrado neste lugar, ele passou a ser chamado de geena. Foi dali que surgiu a idéia de inferno, lago de fogo, lugar de tormento.

               b. A Porta do Monturo fala da vida mundana, pecaminosa, cheia de impurezas. Tem muito crente passando frequentemente por esta porta e alimentando sua vida cristã na lata de lixo do diabo, nas impurezas que se pode encontrar na televisão, no cinema, na internet e em outras fontes de informação.

               c. Sl 101:3 .

           2. Porta Velha - Ne 3:6 ;

               a. Era uma porta que ficava no extremo norte de Jerusalém... Fala do crente saudosista, aquele crente que só vive do passado. Ele nunca procura se renovar na vida cristã. Para ele, tudo de bom que possa existir no Reino de Deus já aconteceu...

                b. Rm 6:4 .

          3. Porta da Prisão - Ne 12:39 ;

               a. Era a porta que dava acesso ao cárcere. Paulo recomenda em uma de suas epístolas que uma vez que já fomos libertos, não devemos, novamente, nos submeter à escravidão que o pecado impõe. Esta é uma porta por onde o crente não deve passar. Há pessoas que são tentadas pelo diabo e há pessoas que atraem a tentação contra si mesmas. 

               b. Esta porta também fala do crente que está enfaixado, à semelhança de Lázaro, quando ressuscitou e que saiu de sua tumba pulando como uma múmia. Foi necessário Jesus ordenar: "Desatai-o e deixai-o ir" - Jo 11:44 .

II. AS PORTAS QUE DEVEM PERMANECER FECHADAS EM NOSSA VIDA

          1. A Porta dos Cavalos - Ne 3:28 .

               a. Era a porta que dava acesso à área militar, à casa das armas. Neste local estavam os estábulos dos cavalos de guerra e todo o arsenal militar.

               b. Quantos crentes há que como Pedro, estão dispostos a sacar de sua arma e cortar a orelha de quem o ofende. Aquele que tem um temperamento colérico ou sanguíneo e que frequentemente recorre ao arsenal de sua personalidade e se desculpa dizendo que é assim porque a natureza o fez assim, deve fechar e manter fechada esta porta, porque ao servo de Deus não convém contender e nem viver cheio de razão. O crente deve evitar entrar em guerra com quem quer que seja. Nosso temperamenteo deve ser submetido ao domínio do Espírito Santo em nosso interior.

          2. A Porta do Vale - Ne 2:15 .

               a. A Porta do Vale, localizada no lado ocidental da cidade,  era assim chamada porque dava acesso ao vale onde fica localizado o ribeiro de Cedrom. Era neste ribeiro que eram lançadas as cinzas dos sacrifícios que eram feitos no templo e era a partir do ribeiro de Cedrom que se alcançava o caminho para o deserto, passando-se por um extenso vale .

               b.  O vale fala de depressão,  de crise, de tristeza... A porta que dá acesso ao deserto em nossa vida, deve ser mantida fechada. Frequentemente, tenho visto alguns irmãos e irmãs adentrando a Porta do Vale e vivendo dias e dias carrancudos como se o mundo inteiro conspirasse contra elas. A orientação da Palavra de Deus é a seguinte - Sl 32:11 .

          3. A Porta da Fonte - Ne 12:37 .

               a. Dava acesso à escadaria da Cidade de Davi e, portanto, à entrada do jardim do rei. Mas, por que esta porta deve permanecer fechada em nossa vida? - Porque os jardins, na Bíblia, falam de áreas da nossa vida que são muito preciosas e que, portanto, devem ser vigiadas e protegidas. Quais são essas áreas? - O casamento, o lar, a moral e a vida espiritual.- Ct 4:12 ; Is 58:11 .

III. AS PORTAS QUE DEVEM SER FORTEMENTE VIGIADAS

          1. A Porta das Ovelhas - Ne 3:1 .

               a. Em algumas versões, aparece o nome Porta do Gado. Ficava perto da extremidade do lado Nordeste da cidade. Sua posição nos é fixada pela sua proximidade com o tanque de Betesda - Jo 5:2 .

               b. As ovelhas falam do rebanho do Senhor, ou daquilo que o Senhor nos confiou para fazermos em Sua obra. Devemos conservar aquilo que o Senhor nos tem dado - dons - talentos - igreja. Ap 3:11 .

          2. A Porta de Efraim -

 

          3. A Porta de Mifcade - 

 

IV. AS PORTAS POR ONDE DEVEMOS PASSAR SEMPRE

          1. A Porta das Águas - Ne 8:3 .

               a.  Ficava no lado oriental de Jerusalém. Era a porta que dava acesso à príncipal fonte de suprimento da cidade, a Fonte de Giom. Diante desta porta havia uma praça e foi nela que Esdras, o sacerdote, leu as Escrituras de cima de um púlpito - Ne 8:1 .

               b. A água é um dos símbolos da Palavra - Jo 3:5 . Como água, a Palavra nos sacia e nos limpa. Portanto, por esta porta devemos passar sempre. Como o salmista em Sl 55:17 . Pela manhã, à tarde e à noite, devemos ler a Bíblia Sagrada e apenas nela saciarmos nossa vida espiritual.

          2. A Porta Oriental - Ne 3:29 .

               a.  Era a Porta que dava acesso ao templo. Qualquer pessoa que viesse de outras cidades ou países, e que tinham como intenção ir ao templo, passavam por esta porta.

               b. Bom seria, se como Davi, desejássemos ir ao templo todos os dias - Sl 27:4 .

          3. A Porta do Peixe - Ne 3:3 . Sf 1:10 .

               a.  Localizada no lado norte da cidade, em relação ao templo ela ficava atrás dele.

               b. Era a porta por onde os judeus esperava que o Messias devia entrar.

               c. O peixe é o símbolo do cristianismo, o símbolo de Jesus

               d. Foi diante desta porta que Jesus proferiu a memorável sentença: "Eu sou a porta..." 

 

Em Cristo, Pb. Sandoval Juliano - 22.01.2011
Comentários
Adicionar novo Busca
Wanderson   |24-01-2011
Muito bom, como é maravilhosa a palavra de Deus.
sergio luiz schroeder  - Portas   |11-10-2011
Paz do Sr amado irmão, sobre sua esplanação sobre as 12 portas do muros de
Jerusalem, se observar, o querido irmão só menciona 11, e no texto explicativo
fala das 12.
marcos jesus  - as dose portas   |06-01-2013
O presbítero.   |11-10-2011
Já fiz a correção. Só que tem duas que ainda não foram comentadas. Eu
não encontrei nada sobre elas...

Em Cristo,
Eliezer  - Parabéns !   |12-10-2011
Irmão Sandoval, procurando pesquisar sobre as 12 portas de jerusalém,
deparei-me com seu site.Excelente, gostei muito. Pois não são todos sites que
são confiáveis. Já coloquei ele nos meus favoritos. Obrigado pelo excelente
estudo, foi de grande valia para mim. Um grande abraço. Fique na paz do Senhor
Jesus.
Eliezer  - Porta de Micfade   |12-10-2011
Porta de Micfade ou porta da Guarda (Ne 3.31).
Localizada na seção nordeste de
Jerusalém, a Porta da Guarda, ao que tudo indica, ficava adjacente ao Templo.
Ela faz-nos lembrar a guarda dos preceitos divinos: "Inclinei o meu
coração a guardar os teus estatutos, para sempre, até ao fim" (Sl
119.112).
Se quisermos as bençãos do Senhor, obedeçamos aos seus preceitos.
Se os deixarmos, arcaremos com pesadas consequências : miséria e destruição.
Assim se deu com Judá, cujos habitantes, por ignorarem a Lei de Deus, além de
contemplarem a destruição de Jerusalém, amargaram um cativeiro de setenta
anos em Babilônia.
Sandoval Juliano   |12-10-2011
Caro Eliezer, só me faltou a fonte de consulta de sua pesquisa para eu
acrescentar aos meus estudos o que vc disse sobre a porta de Mifcade.
Valeu!

Em Cristo,
PRESBITERA VIVIANE SABOIA.   |16-10-2011
Gostei muito, pois acrescentou à minha aula. Deus abençoe! fica na paz.
Deus
abençoe sua família e seu ministério!
Gustavo Melo   |15-10-2011
Muito bom o aprendizado.
sebastião neves   |17-10-2011
olha querido irmão foi muito bom o seu trabalho, me ajudou muito a conhecer
melhor sobre as portas do muro de jerusalem, um forte abraço
daniezi marques   |08-12-2011
Excelente, muito excelente!
Comentário ...
Nome:
E-mail:
 
Website:
Título:
UBBCode:
[b] [i] [u] [url] [quote] [code] [img] 
 
 
:angry::0:confused::cheer:B):evil::silly::dry::lol::kiss::D:pinch:
:(:shock::X:side::):P:unsure::woohoo::huh::whistle:;):s
:!::?::idea::arrow:
 
Por favor coloque o código anti-spam que você lê na imagem.
  <== VOLTAR

Banner

Últimas do fórum

Últimos comentários

Acesso restrito

Visitantes on-line

Nós temos 416 visitantes e 1 membro online

Receber informativos