Rejeição Sexual

E-mail Imprimir PDF
Avaliação do Usuário: / 55
PiorMelhor 

Sandoval Juliano

 

O irmão Isaque de Oliveira Campos enviou-me um texto, na coluna "Envie Sua Carta" com os seguintes dizeres:

Olá irmão a paz do Senhor.
 
Olha gostaria de saber do senhor, o que leva uma pessoa a rejeitar o outro na cama dizendo que ñ sente nada ou até mesmo nojo quando o esposo a procura para fazer amor. Uma pessoa comentou com minha esposa sobre esse fato que está ocorrendo com ela ultimamente. O que essa pessoa necessita?
 
Abraços!
 
Bem, irmão Isaque, este relato está muito vago. Todavia, vamos tentar apresentar possíveis soluções. Existem diversos fatores que levam uma mulher a rejeitar o marido ao ponto de sentir nojo dele. Vamos analisá-los:
 
Primeiro - O que leva alguém, de uma forma geral a sentir nojo do outro?
 
Resposta: A falta de higiene; a falta de caráter; a grosseria, etc...Este é um ponto.
 
Segundo - O que leva uma mulher a rejeitar o marido? - O esfriamento no relacionamento conjugal; a falta de sabedoria da mulher que não percebe que seu esposo tem necessidades afetivas e sexuais;  a falta de sabedoria do homem que não sabe conduzir um relacionamento sexual de forma agradável e, desentendimento no relacionamento diário entre o cônjuge, além de outros.
 
Na verdade, tudo isto é resultado da falta de diálogo entre o casal. Pois, se o marido não tem higiene, cabe à mulher orientá-lo e exigir dele que ele deixe de ser seboso. Se é falta de caráter da parte dele, cabe a ela ser franca com ele e exigir uma mudança de postura, caso contrário separe-se. Ninguém é obrigado a conviver com alguém que não tem caráter. Se é grosseria, cabe à mulher conquistá-lo, e colocar as coisas a limpo, ao invés de fazer greve de sexo.
 
Se houve esfriamento no relacionamento conjugal, os cônjuges devem procurar urgentemente um meio de aquecer esse relacionamento, criando circunstâncias que propiciem esse reaquecimento, tal como uma viagem, um passeio, a participação num encontro de casais ou algo do tipo.
 
Porém, além de todos esses fatores citados, dentre os casos que temos tido conhecimento, o que mais acontece é  o fato de a esposa não entender a importância do sexo para o homem e a importância do sexo para o casamento e manter-se fria, rejeitando o marido e ficando dias e dias sem relacionamento sexual. Este é um comportamento totalmente equivocado e que certamente vai ocasionar trágicas consequências para o casamento. O homem vai suportar isto até um certo ponto, mas pode chegar a uma situação totalmente intolerável e partir para realizações de fantasias extra-conjugais.
 
A menos que o homem tenha problemas de saúde, o normal para um homem é manter um relacionamento sexual ativo. Em média, os homens precisam de ter relação sexual de três a quatro vezes por semana. A mulher que faz sexo apenas algumas vezes por mês está causando no seu esposo uma insatisfação e não tem nada neste mundo que preencha a lacuna deixada pela falta de sexo. Nenhuma atividade física, esportiva, entretenimentos, jogos, nem mesmo uma vida diária de consagração, é suficiente para preencher esta lacuna.
 
A mulher precisa entender isto e procurar satisfazer o apetite sexual de seu esposo para que ele não tenha desculpas para uma relação extra. A esposa que não concorda com isto e não se entrega ao prazer sexual sadio, com o seu esposo, está entregando-o ao pecado. Não tem santo que resite a uma tentação quando se sabe que em casa não vai encontrar amor, carinho e sexo.
 
Da parte do marido, é importante que ele saiba conduzir o relacionamento com sua esposa com sabedoria, sendo agradável, atencioso, romântico e atraente. Tem homem que não se importa com os sentimentos de sua esposa. Uma esposa quente na cama, se conquista desde que o dia amanhece. A cama é, e deve ser, a coroação de tudo o que aconteceu durante o dia ou durante determinado período. Mulher não se aquece mostrando-lhe o membro masculino, por mais viril que ele seja. Mulher se aquece com tratamento honroso, carinhoso e atencioso. Uma mulher bem amada, será sempre uma mulher pronta para satisfazer o seu esposo.
 
Portanto, caro Isaque Campos, algum desses fatores pode estar contribuindo para a "rejeição" que essa pessoa de quem você ouviu falar esteja demonstrando. A não ser que ela, propositalmente esteja pedindo para ser traída. Ou seja, ela pode estar contribuindo para a desgraça do seu casamento, forçando seu esposo ao adultério.
 
É a minha sincera opinião, em Cristo,
 
Ev. Sandoval Juliano - 19.07.2010.
 
 
Comentários
Adicionar novo Busca
Sandoval Juliano  - Respondendo ao Adalberto - III   |22-09-2010
... As expresões bíblicas: "Leito sem mácula", "Fugi da
prostituição", "Deus não nos fez para a imundícia mas para a
santificação", "Jardim fechado é o nosso amor"... Tudo isto deve
ser considerado ante este tema. Com bastante sensatez, é possível desfrutar do
prazer do sexo, sem abrir portas para a maldição no casamento e sem afastar a
bênção de Deus de sobre o nosso lar.

Não nos esqueçamos que o rio só é
uma bênção enquanto suas águas correm dentro dos seus limites, de suas
margens. Assim é com o sexo!
Em Cristo,
José Carlos   |23-09-2010
Penso que fantasia, como o próprio nome já diz, é um artifício, um tempero.
As pessoas se relacionam, se amam, mas são arratadas pela rotina. Nestes
momentos, um pouco de fantasia pode ser uma fonte interessante de prazer. As
vezes eu fico confuso: Deus amou tanto o mundo que deu seu filho… No entanto,
tudo que se relaciona ao mundo é pecado (pelo menos é o que aprendemos). Isto,
as vezes, me parece uma contradição. Teria Cristo morrido por nada? Se o mundo
é tão horrendo e as coisas dele são tão ruíns, para que tanto sacrifício.
Penso que Deus quer nos ver felizes e é obvio que qualquer desvio de conduta é
transgressão e, por conseguinte, pecado. Mas a pergunta que não quer calar:
Aquilo que fazemos ou que fantasiamos fazer entre quatro paredes, com a
cumplcidade do(a) esposo(a) é pecado? E quando nos masturbamos imaginando cenas
com o(a) proprio(a) companheiro(a) que as vezes está indisposto(a) ou doente...
Continuando...   |23-09-2010
mesmo assim estamos em pecado?

José Carlos
Luciene   |23-09-2010
Eu fico feliz que esistem evangélicos que não são hipócritas, pois quem
muito proíbe é que tem mais vontade de praticar, eu e meu marido temos uma
vida sexual híper ativa, fazemos praticamente quase todos os dias um pouco de
cada coisa, e não nos condenamos, e se estivermos errado em alguma pratica,
Deus falará ao nosso coração,
fatima   |23-09-2010
Eu entendo a posição da Geusa e de todos os que não são a favor realização
de certas fantasias sexuais. Também sei que biblicamente é errado, mas, eu amo
um homem que sente prazer em me ver transando com outro homem. Se eu o amo, eu
quero realizar essa fantasia dele, se ele se realiza, automaticamente eu me
realizo, nós nos realizamos, e podemos ser felizes sim. Quem tem que determinar
em que nível podemos nos satisfazer somos nós, eu e meu esposo.
Sandoval Juliano   |17-10-2010
Olá, pessoal!

Este site é bastante democrático, permite que qualquer pessoa
apresente sua opinião, mesmo que ela seja contrária à do autor do texto.

No
entanto, entendi ser necessário retirar os últimos comentários deste tópico
porque estavam seguindo caminhos que entendemos não serem convenientes. Este
site é público e pessoas de todas as faixas etárias lêm o que publicamos
aqui, sem restrição, inclusive minhas filhas com 11 e com 9 anos de idade. E
eu não gostaria que eles lessem aqui detalhes de fantasias sexuais,
especialmente daquelas que não são convencionais.

Por isso, qualquer
comentário que siga uma linha de bom senso e que observe o pudor e o fato de
este site ser um site evangélico, será mantido, do contrário, terei que
vetar.

Em Cristo,
SELMA  - rejeição sexual   |24-04-2011
CONCORDO COM A AMELIA E A ANA TEREZA, MAS O QUE VEJO NOS HOMENS É QUE ALGUNS
SÓ PENSAM EM SE SATISFAZER TENHO A ESPOSA COM OBJETO PARA SEU USO E ABUSO POREM
DEVEM FICAR SABENDO QUE NO CASAMENTO ENTRAMOS PARA SATISFAZER O NOSSO CONJUGE E
ASSIM SAEM TODOS SATISFEITOS EM TODOS OS SENTIDOS DO CASAMENTO
patricia  - esfriamento   |11-03-2012
Meu marido mudou muito anda sempre cansado , e mesmo quando tenta ser agradavel
dificilmente consegue eu venho sofrendo com essa mudança ,acho que ele estar
estafado mas ele não procura ajuda médica.
Jobson   |12-03-2012
Será que ele não está cansado é da rotina que o relacionamento de vocês
vêm enfrentando? O sexo é o "lugar" onde todos os demais
relacionamentos desaguam. Ou seja, o sexo reflete a verdaderia situação do
casamento. O ato sexual serve de termômetro para as demais áreas da vida a
dois.
eduardo  - Afetividade   |27-07-2012
Boa noite, a paz do Senhor Jesus.
Bem, pra começar eu só quero citar uma
situaçao muito chata dentro do casamento, especialmente casais evangélicos.
Olha só, é quando a mulher é bisexual. O detalhe é que o marido vem
descobrir isto já depois de muito tempo de convivencias, e durante este
período ele é privado de varias formas de prazer porque a atençao não lhe
é dada.
Comentário ...
Nome:
E-mail:
 
Website:
Título:
UBBCode:
[b] [i] [u] [url] [quote] [code] [img] 
 
 
:angry::0:confused::cheer:B):evil::silly::dry::lol::kiss::D:pinch:
:(:shock::X:side::):P:unsure::woohoo::huh::whistle:;):s
:!::?::idea::arrow:
 
Por favor coloque o código anti-spam que você lê na imagem.
  <== VOLTAR

Banner

Últimas do fórum

Últimos comentários

Acesso restrito

Visitantes on-line

Nós temos 322 visitantes online

Receber informativos